Paper Smell - ELES, OS JUIZES, VISTOS POR NOS, OS ADVOGADOS

ELES, OS JUIZES, VISTOS POR NOS, OS ADVOGADOS

Sumário

I - Da Confiança nos Juízes, Primeiro Dever do Advogado

II - Das Boas Maneiras (ou da Discrição) nos Tribunais

III - De Algumas Semelhanças e de Algumas Diferenças entre Juízes e Advogados

IV - Da Pretensa Eloquência do Pretório

V - De Certa Imobilidade dos Juízes durante a Audiência

VI - De Certas Relações entre os Advogados e a Verdade, ou da Parcialidade Obrigatória dos Primeiros

VII - De Certas Aberrações dos Clientes, das quais os Juízes se Devem Lembrar como Atenuantes dos Advogados

VIII - Considerações sobre a Chamada 'Chicana'

IX - Da Predileção dos Advogados e dos Juízes pelas Questões de Direito ou pelas de Fato

X - Do Sentimento e da Lógica das Sentenças

XI - Do Amor dos Advogados pelos Juízes e Vice-Versa

XII - De Certas Tristezas e de Certos Heroísmos da Vida dos Juízes

XIII - De Certas Tristezas e de Certos Heroísmos da Vida dos Advogados

XIV - De uma Certa Coincidência dos Destinos dos Juízes e dos Advogados

 

Depoimentos
Escreva um depoimento sobre este livro!
Nome
E-mail
Por favor escreva seu depoimento
Classificação para o livro
Copyright MAXXmarketing Webdesigner GmbH